Quais são as maiores dificuldades de se iniciar um negócio?



Bem, que a carga tributária é alta e extremamente complexa não tem como negar, mas desde a época que eu lecionava na Universidade São Francisco, sempre defendi que o problema não é a carga tributária, pois ela faz parte do jogo.


Gosto muito de analogias, e sempre “brinco” com meus alunos para refletir no seguinte ponto:


“Se vou participar de um jogo de futebol, preciso entender suas regras antes da bola rolar, pois se eu perder, não adianta ficar reclamando se cometi erros e levei gols por não saber que era assim que se jogava.”


Certa vez o escritório de contabilidade que eu trabalhava conquistou um novo cliente e era uma multinacional francesa que acabava se de instalar naquela região.


Certo dia, eu e outros amigos de trabalho, fomos designados a explicar ao diretor francês como iria funcionar a parte tributária.


Vejam só, imaginem, explicar em português algo extremamente complexo para um francês.


A minha parte se resumia aos impostos sobre o lucro, e conforme íamos explicando, novas dúvidas surgiam, pois como falei, o tema é extremamente complexo.


Bem, depois de muito gaguejar para explicar as nossas regras tributárias, alguém comentou com o francês: “O imposto aqui no Brasil é bem caro, deve ser bem diferente da França?”


Para minha surpresa a resposta foi mais ou menos essa, não me lembro das palavras, mas o sentido foi bem esse: “Não me importa se é caro, quero pagar muito imposto, pois sei que quanto mais imposto eu pagar, mais estarei ganhando, por que ele é parte da minha venda e do meu ganho!”


Posso garantir, esse foi um dos meus maiores aprendizados! E desde então, sempre falo: “Não vejo a hora de estar pagando R$ 5 milhões de imposto por mês.”


Voltando ao ponto das dificuldades de se iniciar seu próprio negócio, hoje com mais de 25 anos aprendendo com as mais diversas situações, falo e aplico o seguinte em meus treinamentos e mentorias: