A importância do Networking no negócio de consultoria.


Muitos aspiram a carreira de Consultor pelos benefícios que ela proporciona: melhor remuneração, constante viagens, dinamismo total, expansão do ciclo de contato, flexibilidade de horário; mas esquecem de uma qualificação importantíssima, tão importante quanto ao conhecimento técnico, a qualificação em Networking.


A qualidade do seu Networking irá determinar o sucesso ou fracasso do seu negócio, pois é ele que irá fazer com que seu negócio aconteça. Sem Networking não há processo comercial; sem processo comercial não há entrada de dinheiro; sem entrada de dinheiro não há como o negócio se sustentar.


Uma vez identificada a qualidade do Networking, o aspirante se esbarra em outro ponto que irá desfavorecer o início da sua caminhada: Onde e como profissionalizar o Networking para conseguir o resultado desejado?


Esclarecendo um pouco mais sobre Networking, é importante abordarmos que a simples visita em reuniões de empresários fomentadas por associações; a simples participação em café de negócio; a troca de cartões automática sem objetividade clara; não é Networking. Aliás, isso está longe de ser Networking!


O que seria Networking então?


Bem, antes de abordamos nosso entendimento sobre o tema, é importante esclarecer que somente depois de longa data, fomos perceber o quanto errávamos adotando as abordagens citadas acima. Investimos muito nessas reuniões que não nos geravam resultados favoráveis, pois éramos “maníacos” em distribuição de cartão de visita. Nossa meta era: entregar, entregar e entregar cartões, pois com certeza alguém iria nos procurar.


O tempo passava e a procura nunca acontecia e ao invés de analisarmos o que estávamos fazendo de errado, perdemos o desejo de participar dessas reuniões improdutivas e desnecessárias.


Nesse ponto da leitura talvez você esteja concordando ou discordando do nosso posicionamento quanto a esses encontros de empresários, então se faz necessário esclarecer que não vemos mais essas reuniões dessa forma, esse foi nosso posicionamento antes de analisar e entender que o “problema” não estava nas reuniões e sim na nossa postura.


Poucos irão ajudar o aspirante nessa qualificação e profissionalização do Networking, nós encontramos esse apoio em uma instituição que tem como foco o Networking, BNI (Business Networking Internacional – www.bnibrasil.net.br).

​​

 


Quando entendemos que Networking é trabalhar sua rede de contato, e aprendemos como deve ser trabalhada essa rede de contato, as reuniões que antes eram improdutivas, passaram a ser produtivas e principalmente a gerar dinheiro no caixa.


Hoje participamos das reuniões citadas e temos baixa troca de cartões, pois não é a quantidade de cartões trocados que irá gerar negócio, e sim a qualidade de cada cartão trocado.


Para coroar nosso entendimento junto a tratat